74º ASSEMBLÉIA - 2009 – TÓPICOS ADMINISTRATIVOS

Ir em baixo

74º ASSEMBLÉIA - 2009 – TÓPICOS ADMINISTRATIVOS Empty 74º ASSEMBLÉIA - 2009 – TÓPICOS ADMINISTRATIVOS

Mensagem por Admin em Dom 07 Dez 2014, 09:25

TÓPICOS ADMINISTRATIVOS

· 1 – RESPONSÁVEIS PELAS INFORMAÇÕES PARA O RELATÓRIO ANUAL E CARTÕES DE INGRESSO

Cada administrador deverá nomear dois ou três irmãos, administradores ou colaboradores da Administração, que serão responsáveis por todas as informações referentes a alterações no Relatório (endereço, dados cadastrais, dias de culto, ministério, etc) e cartões de ingresso para acesso às reuniões. O objetivo desse trabalho é o de garantir a exatidão das informações que irmão constar no Relatório anual.

Esses irmãos terão responsabilidades de coletar, junto ao ministério e a Administração, os dados que serão encaminhados ao setor de alteração de Relatório, na Administração São Paulo, e ainda, a responsabilidade de encaminhar os cartões de ingresso aos irmãos de ministério.

Também verificarão as informações constantes no Relatório correspondente à Administração a que pertencem, evitando assim que o Relatório seja publicado com dados incorretos. As regionais devem cobrar, das Administrações agregadas, as providências necessárias ao atendimento destas instruções.

?2 – COMPRA, VENDA E REFORMA DE IMÓVEIS – APROVAÇÃO
Após deliberação em reunião de cada Administração, toda compra, venda, construção e/ou reforma deverá ser submetida a aprovação em reunião regional, com a presença do Conselho de Anciães, Diáconos e a Administração interessada (art. 33 do Estatuto)

?3 – MANUTENÇÃO PREVENTIVA PARA EVITAR ACIDENTES
Cada congregação deverá possuir um grupo de manutenção preventiva, como já orientado pela Administração São Paulo, devendo reunir-se periodicamente, com ata, para tratar da permanente conservação dos prédios, evitando ter que realizar custosas reformas que, muitas vezes, equivalem em meses, revisar os telhados e suas estruturas, bem como outros itens de segurança prevenindo-se acidentes, conforme consta do nosso Manual.

?4 – ABERTURA DE CASAS DE ORAÇÃO
Os documentos referente à abertura de casas de oração deverão ser remetidos à Administração Regional que após análise dos mesmo, comunicará ao Departamento de Patrimônio em São Paulo, através de formulário Alteração de Relatório, para constar no mesmo.

· 5 – REALATÓRIO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA – O QUE DEVE CONSTAR

No Relatório da Assembléia Geral Ordinária deve constar o movimento espiritual e material da Obra de Deus no exercício anterior, ou seja, a) o total de irmãos e irmãs que foram batizados; b) o total dos que participaram da Santa Ceia; c) o total de bíblias e hinários à irmandade e seus respectivos valores; d) os novos Obreiros que o Senhor levantou, ou seja, anciãos, diáconos, cooperadores do oficio ministerial e cooperadores de jovens e menores; e) os imóveis adquiridos e/ou alienados; f) as construções entregues; g) as construções em andamento; h) as reformas entregues e as que estão em andamento; i) as oficializações de salas de oração. Deverão constar também, os balanços patrimoniais encerrado no exercício anterior, bem como o parecer do Conselho Fiscal, a composição da Administração para o triênio e a composição do Conselho fiscal, com duração de 1 (um) ano.

Não deverá constar o nome de irmãos da Obra da Piedade, nem de encarregados regionais ou locais de orquestra, nem de músicos, organistas, porteiros ou irmãos com qualquer outro cargo na congregação.

· 6 – ADMINISTRAÇÃO-CONSULTAS

As Administrações que tiverem qualquer dúvida quanto a assuntos ou procedimentos administrativos, deverão consultar as responsáveis regionais e não dirigir-se diretamente à Administração São Paulo.

Admin
Admin

Mensagens : 101
Data de inscrição : 19/11/2012

https://ccbeusouaobradedeus.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum