CIRCULAR A IRMANDADE 2011

Ir em baixo

CIRCULAR A IRMANDADE 2011

Mensagem por Admin em Dom 07 Dez 2014, 09:31

CIRCULAR

Aos servos de Deus e á cara irmandade.

Saudamos-vos coma a Paz de Deus e afeto de Cristo Jesus.

ASSUNTO: VIGILÂNCIA QUANTO À ESPIRITUALIDADE DOS CULTOS-PERIGO DE DISSOLUÇÃO DA SUA PUREZA

Não durmamos a respeito dos santos princípios que nos foram transmitidos. Muita atenção e vigilância tornam-se necessárias. Pela inspiração do Espírito Santo o apóstolo Paulo ensinou o silencio, a decência e a ordem entre nós, quando a igreja se congrega num lugar para celebrar o santo culto a Deus (I cor.,14,v.23,25,28,34 e 40).

Preocupava-se também o apóstolo com a impressão causada aos visitantes que entrassem para assistir ao culto porque, conforme o comportamento da igreja, ou testificariam que Deus estavam entre eles, ou as visitas sairiam escandalizadas.

A ordem, a decência e o silêncio nos cultos são reflexos da espiritualidade e da luz que está no servo de Deus que preside, o qual não só maneja bem a Palavra da verdade em sua pregação, com sabia explicação de conselhos que abrem a mente do povo, como também conduz a irmandade a estar sob o controle do Espírito de Deus, para que haja moderação e luz nas orações, nos testemunhos e no comportamento de cada um durante o culto divino.

Se não for assim, os cultos transcorreram debaixo de entusiasmo carnal, exibição pessoal nos testemunhos e nas orações, exageros, gritarias infantis, sem discernimento do que é decente para a igreja de Deus; com isso dissolve-se a pureza dos cultos, ocasionando escândalos e mau testemunho.

Insistimos com nossos conservos sobre a vigilância de certos grupos de irmãos que, sem preparo espiritual, se introduzem nas igrejas e com suas manifestações concentram sobre si a atenção da irmandade, com orações, glorificações testemunhos, exagerado e gritado ao máximo de altura da voz, visando inflamar os presentes, desviando-se totalmente do sentido sacro que deve haver em nossos cultos.

Com o passar do tempo algumas igrejas estão como que habituando-se a essa rotina nos cultos, o que reflete uma dormência espiritual.

Quando o irmão do ministério que preside o culto percebe que isso vai ocorrer, deverá exortar e não deixar o culto a mercê e ao domínio desses grupos, mas exortar pelo Espírito do Senhor a que se controlem e, assim, evitará que um espírito estranho tenha ocasião de perturbar.

Há manifestação que são do Espírito de Deus e outras não. Compete ao que preside discernir o que é de Deus e o que não é, e ensinar a irmandade. Os mais antigos no ministério orientem os mais novos.

Vossos irmãos que vos amam em sinceridade de Deus.

Os anciães

Admin
Admin

Mensagens : 101
Data de inscrição : 19/11/2012

http://ccbeusouaobradedeus.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum